Vasco empata com o Goiás pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro

domingo, 29/10/2023

O Vasco da Gama empatou em 1 a 1 diante do Goiás em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputado na tarde de domingo (29), no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia/GO. O gol do Gigante da Colina foi marcado por Vegetti, que chegou a oito gols com a camisa do Cruzmaltino.

Na quinta-feira (02), a equipe volta a campo para enfrentar o Cuiabá na Arena Pantanal. O jogo será disputado a partir das 17h.

A partida

O jogo começou com um pouco de dificuldade para o lado do Vasco em questão de criação e busca por chances de ataque. Depois a equipe equilibrou a partida e encontrou espaços. Mas o primeiro tempo terminou com o marcador igualado no zero a zero.

De volta à etapa final, o técnico Ramón Díaz promoveu algumas mudanças e colocou o time mais pra frente. Aos sete minutos Alex Teixeira ficou com a bola, driblou e tocou para Vegetti. O atacante arriscou um cruzamento, mas a bola saiu muito forte e acabou indo para fora. Aos 11 minutos, Pec pegou rebote do escanteio partindo para o ataque e tocando de calcanhar para Praxedes. O camisa 21 rolou a bola para Vegetti e o atacante acabou interceptado por Palacios.

O gol do Vasco saiu aos 13 minutos. Em cobrança de escanteio, Maicon cabeceou em direção ao gol e Vegetti apareceu no meio do caminho para finalizar, mandando para o fundo das redes. O VAR analisou o lance e validou a jogada. 1 a 0 Vasco.

Vegetti marcou após cobrança de escanteio e cabeçada de Maicon. Foto: Leandro Amorim/Vasco Da Gama

Aos 45 minutos, o juiz deu o segundo cartão amarelo para Vegetti e o atleta foi expulso. Logo em seguida, o Goiás empatou, aos 46 minutos, deixando tudo igual no marcador. Fim de jogo 1 a 1.

 

ARBITRAGEM

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa – SP)

Assistentes: Daniel Ricardo Simon Manis (Fifa – SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

VAR: Daiani Caroline Muniz dos Santos (Fifa-SP)

ESCALAÇÕES

VASCO: Léo Jardim; Robson, Maicon (Zé Vitor), Medel, Léo (Praxedes); Zé Gabriel, Jair (Barros), Serginho (Gabriel Pec), Alex Teixeira (Payet), Lucas Piton e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Goiás: Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Bruno Melo; Hugo; Willian Oliveira (Raphael Guzzo), Morelli, Guilherme Mendes (Vinicius); Allano (Alesson), João Magno (Matheus Babi), Julián Palacios (Dodô). Técnico: Armando Evangelista.

Cartões amarelos: Jair, Barros e Maicon; Bruno Melo e Julián Palácios (GOI).

Cartão vermelho: Vegetti (após dois amarelos).

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo