Vasco empata com o Sport Recife pelo Campeonato Brasileiro

domingo, 16/10/2022

Por: Assessoria de Imprensa, São Januário

Pela rodada 35 do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama mediu forças com o Sport Recife na tarde deste domingo (16/10), em Pernambuco, no Estádio Ilha do Retiro. Apesar de ter saído atrás no marcador, o Gigante da Colina não desistiu e arrancou um empate no minutos finais, com gol de Raniel, após pênalti marcado em cima de Alex Teixeira com auxílio do VAR.

O próximo compromisso do Gigante da Colina após o empate em 1 a 1 no Recife será diante do Criciúma, no sábado (22), às 16h30, em São Januário.

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

O JOGO

O jogo começou nervoso, com as duas equipes disputando muito a posse no centro do campo e poucas oportunidades foram criadas. A primeira boa chegada do Vasco foi aos 15, quando Eguinaldo pressionou a marcação e ganhou um escanteio. Cinco minutos depois, novamente na bola parada, Nenê cobrou escanteio e a defesa afastou para o próprio camisa 10, mas a arbitragem assinalou impedimento. Aos 24, Yuri lançou do campo de defesa, Nenê deu de primeira em Eguinaldo, mas o camisa 9 não conseguiu devolver.

Aos 35, Marlon Gomes chegou forte pela esquerda e a bola acabou girando para Figueiredo, que driblou o marcador e tentou o passe para Eguinaldo, que foi travado antes de chutar pro gol. No escanteio, Nenê cruzou no primeiro pau, Anderson Conceição desviou e Danilo Boza quase completou para o gol. Aos 44, Marlon Gomes tentou de cabeça e parou em boa defesa do goleiro.

O Vasco voltou para a segunda etapa com Raniel e Alex Teixeira nos lugares de Miranda e Nenê. Aos 4, Raniel ganhou da marcação e tentou a ligação em Eguinaldo, mas a defesa se antecipou. Aos 10, Alex Teixeira lançou Eguinaldo, que arriscou o chute cruzado e explodiu no marcador. Na sequência, Andrey tentou de fora, a bola bateu no zagueiro e saiu em escanteio. Alex Teixeira cobrou e Anderson Conceição mandou no travessão, quase abrindo o placar.

Aos 14, Raniel deu em Gabriel Pec, que tentou o cruzamento para Eguinaldo, mas a defesa afastou. Aos 19, o adversário abriu o placar: 1 a 0. O Vasco pressionou em busca do empate e aos 42, o goleiro adversário rebateu e Alex Teixeira chegou antes, sendo derrubado. Na sequência, Raniel recebe o cruzamento e cabeceia pro chão, obrigando o goleiro a fazer grande defesa. O VAR chamou, o árbitro Raphael Claus marcou pênalti e Raniel converteu: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 1 VASCO

Data e hora: 16/10/2022, às 16h
Local: Ilha do Retiro (PE)
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA-SP)

Gols: Facundo Labandeira (19’/2ºT) e Raniel (48’/2ºT)
Cartões amarelos: Gustavo Coutinho e Ronaldo (SPO)
Cartões vermelhos: Não houve

Público presente: 19.598
Renda: R$ 1.133.263,00

SPORT
Saulo; Eduardo, Thyere, Sabino (Chico – 34’/2ºT) e Sander; Fabinho e Ronaldo (William Oliveira – 34’/2ºT); Labandeira (Giovanni – 34’/2ºT), Gustavo Coutinho (Wanderson – 16’/2ºT), Vagner Love e Juba (Denner – 30’/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira

VASCO
Thiago Rodrigues; Miranda (Raniel – 0’/2ºT), Anderson Conceição, Danilo Boza, Edimar; Yuri Lara (Palacios – 26’/2ºT), Andrey Santos, Nenê (Alex Teixeira – 0’/2ºT); Figueiredo, Marlon Gomes (Gabriel Pec – 9’/2ºT) e Eguinaldo (Erick – 35’/2ºT). Técnico: Jorginho

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo