Vasco empata por 1 a 1 fora de casa contra o Figueirense

domingo, 08/07/2012

O Vasco empatou por 1 a 1 com o Figueirense, neste domingo (08), no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, Santa Catarina. O gol vascaíno foi marcado por Diego Souza. Fernando Prass ainda defendeu um pênalti na segunda etapa quando o Trem Bala estava vencendo o jogo.

Com o resultado, a equipe de São Januário segue invicta fora de casae na segunda colocação do Campeonato Brasileiro. O Gigante da Colina estreou na partida o seu novo uniforme branco, inspirado na década de 50 do Cruz-Maltino.

O jogo

Vasco atua bem e sai na frente na primeira etapa

O Vasco entrou com os desfalques de Eder Luis, Felipe e Carlos Alberto para enfrentar o Figueirense no Orlando Scarpelli. Com isso, Willian Barbio foi escalado no ataque ao lado de Alecsandro. Diego Souza, que fez o gol da vitória na última rodada de pênalti, ficou com a vaga de Carlos Alberto e o lateral-esquerdo Willian Matheus atuou pela primeira vez como titular pelo Cruz-Maltino.

As duas equipes começaram a partida com o ímpeto ofensivo, com o Vasco criando as melhores oportunidades. Aos oito minutos, Nilton cabeceou com muito perigo após escanteio cobrado pela direita por Juninho Pernambucano. Instantes depois, Diego Souza fez boa jogada pela esquerda e soltou uma bomba para uma grande defesa de Wilson.

O Figueirense chegou pela primeira vez aos 18 minutos em um chute e Júlio César que saiu por cima da baliza vascaína. O Gigante da Colina abriu o placar com Diego Souza em uma finalização de fora da área, no canto direito do goleiro Wilson. O camisa 10 cruzmaltino comemorou o gol com a torcida do Vascão.

O Trem Bala da Colina seguiu muito bem no jogo, com boas jogadas em velocidade de Willian Barbio. Primeiro o atacante aplicou um belo drible pela esquerda, finalizando sobre a marcação adversária. Minutos depois, Willian Barbio escapou novamente pela esquerda e cruzou para Alecsandro dentro da área, mas a zaga conseguiu se antecipar ao artilheiro da Colina, afastando o perigo.

O Figueirense assustou Fernando Prass em dois momentos. Júlio César entrou na área e finalizou bonitos para uma grande defesa da Muralha. Pouco antes de terminar o primeiro tempo, Fred acertou uma cobrança de falta na trave vascaína.

Prass defende um pênalti, mas Vasco sofre o empate

Na entrada da etapa complementar, os jogadores do Vasco exibiram uma faixa em apoio aos médicos federais. O Figueirense retornou com duas alterações melhorando o seu meio de campo. Logo no início do segundo tempo, a bola bateu no braço de Dedé e o árbitro marcou pênalti. Júlio César foi para a cobrança e Fernando Prass realizou uma defesa espetacular.

O adversário seguiu pressionando e quase empatou o placar com Aloísio. O jogador recebeu a bola dentro da área e finalizou para fora. Ainda antes dos 15 minutos, Aloísio fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, mas ninguém conseguiu aproveitar o lance.

O Vasco respondeu com Alecasandro. O artilheiro da Colina cabeceou uma bola no travessão de Wilson depois de cruzamento de Willian Matheus.  Instantes depois, o camisa 9 da Colina finalizou para fora de cabeça. Rony voltou a assustar Fernando Prass em um chute de muito longe, que foi defendido pela Muralha.

Aos 25 minutos, Nilton cobrou uma falta de longe no cantinho e Wilson salvou a equipe do Figueirense. A equipe de Florianópolis empatou o placar com Rony, que se antecipou ao lateral-esquerdo Willian Matheus para fazer o tento.

Para melhor o time, que caiu de rendimento na etapa complementar, Cristóvão Borges colocou Chaparro e Pipico nos lugares de Willian Barbio e Alecsandro. Com o reforço do meio de campo, o Gigante da Colina ficou mais tempo com a bola no pé, mas sem conseguir transformar essa posse de bola em oportunidades de gols e a partida ficou empatada por 1 a 1.

Próximo jogo
O Trem Bala da Colina agora recebe o Atlético-GO em São Januário, no próximo domingo (15), às 18h30.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 X 1 VASCO

Local: Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
Data/horário: 8/7/2012 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Herman Brumel Vani (SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Juninho (FIG); Eduardo Costa (VAS)
Gols: Diego Souza, 21’/1ºT (0-1); Rony, 28’/2ºT (1-1)

FIGUEIRENSE: Wilson, Cutinho, Anderson Conceição, Fred e Guilherme Santos; Túlio, Doriva, Marquinhos (Aloísio, intervalo) e Fernandes; (Rony, intervalo) Caio e Júlio César.
Técnico: Argel Fucks.

VASCO: Fernando Prass; Fagner (Max, 25’/2ºT), Dedé, Douglas e William Matheus; Eduardo Costa, Nilton, Diego Souza e Juninho; Willian Barbio (Chaparro, 35’/2ºT) e Alecsandro (Pipico, 35’/2ºT).
Técnico: Cristovão Borges.