Vasco encerra a participação na Conmebol Sul-Americana 2020

quinta-feira, 03/12/2020

O Vasco da Gama se despediu na noite desta quinta-feira (03/12) da Conmebol Sul-Americana 2020. Em São Januário, o Gigante da Colina perdeu para o Defensa y Justicia (ARG) por 1 a 0. O Cruzmaltino agora volta sua atenções para o Campeonato Brasileiro, onde mede forças com o Grêmio no próximo domingo (06/12), às 16 horas, em Porto Alegre.

O JOGO

Precisando de gols para sonhar com a classificação, o Defensa y Justicia buscou pressionar o Gigante da Colina nos primeiros minutos. Aos seis, após erro na saída de bola, Larralde recebeu a bola na intermediária, mas foi desarmado antes da finalização. A resposta vascaíno veio com 10 minutos, quando Benítez lançou Ribamar e o camisa 9 finalizou rente à trave. O jogo seguiu movimentado. Com 22, Héctor Martínez cobrou falta e a bola saiu à esquerda de Lucão.

Ribamar em ação contra o Defensa y Justicia na Colina- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Marcos Jr, aos 26, pelo lado do Vasco, e Camacho, aos 27, pelo lado do Defensa, tiveram chances de abrir o marcador, mas foi Marcelo Alves que chegou mais perto. O zagueiro testou com força após cruzamento de Léo Gil e só não balançou as redes por conta de um milagre de Unsaín. O panorama da partida não mudou no segundo tempo. Os argentinos seguiram pressionando. Em seu primeiro ataque, aos três, o Defensa obrigou Lucão a fazer boa defesa.

No minuto seguinte, Neto Borges arrancou pela esquerda e deu um passe açucarado para Gustavo Torres. Mesmo livre e sem marcação, o camisa 37 acabou finalizando para fora. A chance perdida custou caro ao time vascaíno, que acabou sendo castigado aos 10. Após cruzamento da direita, a bola bateu no travessão, enganou Lucão e sobrou para Hachen, que finalizou com perfeição para abrir o placar: Defensa y Justicia 1 x 0.

O tento rival fez o Gigante da Colina se lançar ao ataque. O empate ficou próximo de vir em três lances consecutivos, todos com participação de Lucas Ribamar. Em dois deles, o camisa 9 limpou a marcação e finalizou para fora. No outro, reclamou de pênalti, não marcado após análise do VAR. O Cruzmaltino se manteve no campo de ataque, mas só voltou a criar com 31 minutos. Dessa vez, Yago Pikachu invadiu a área, limpou dois marcadores e chutou para boa defesa de Unsain. Nos minutos finais, outras chances foram criadas, porém o placar não foi alterado.

FICHA TÉCNICA

Vasco da Gama 0 x 1 Defensa y Justicia

Conmebol Sul-Americana 2020- Quartas de final- Jogo de volta

Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data e horário: 03/12/2020, quinta-feira, 21h30

Cartões Amarelos: Marcos Jr, Gustavo Torres, Martín Benitez e Lucas Ribmar (Vasco); Hachen e Paredes (Defensa y Justicia)

Gols: Hachen, 10/2T (Defensa y Justicia)

VASCO DA GAMA: Lucão, Miranda, Marcelo Alves (Tiago Reis) e Leandro Castan; Yago Pikachu, Marcos Jr (Juninho), Leonardo Gil (Lucas Santos) e Neto Borges; Martín Benitez (Talles Magno), Gustavo Torres e Lucas Ribamar (Carlinhos). Treinador: Ricardo Sá Pinto.

DEFENSA Y JUSTICIA: Unsain, Frías, Hector Martinez e Paredes (Pedro Ramirez); Breintenbruch (Isnaldo), Acevedo, Larralde, Camacho (Hachen) e Pizzini; Rius e Braian Romero. Treinador: Hernán Crespo.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo