Vasco entrega à CBF propostas para combate ao racismo

quarta-feira, 24/08/2022

O Vasco da Gama, através do presidente Jorge Salgado, entregou na manhã desta quarta-feira, ao presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, um ofício com propostas de combate ao racismo e a qualquer tipo de discriminação. Ao longo de 124 anos, o Vasco sempre teve foi pioneiro na luta contra a discriminação racial e social no futebol. O ofício de 14 páginas marcou a presença do clube Seminário de Combate ao Racismo e à Violência no Futebol, organizado pela CBF e que teve a presença do presidente da Conmebol, Alejandro Domingues, do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, e do cantor e compositor Gilberto Gil.

– Já é passada a hora de darmos um basta definitivo no racismo e no preconceito no futebol brasileiro. Para isso medidas ousadas e inovadoras terão de ser adotadas. Apresentamos hoje um conjunto de propostas para a CBF e clubes baseadas nas nossas melhores práticas, com resultados comprovados. A luta contra contra o racismo está no DNA do nosso clube. Temos o orgulho do Vasco ser a caneta que escreve a história – disse Jorge Salgado.

Leia aqui o documento na íntegra.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo