Vasco fica no empate com o Boavista pelo Campeonato Carioca 2021

domingo, 18/04/2021

Por: Breno Prata, São Januário

O Vasco da Gama ficou no empate com a equipe do Boavista por 2 a 2, neste domingo (18/04). Os gols vascaínos foram anotados por Germán Cano e Gabriel Pec. Com esse resultado, o Gigante da Colina não alcançou a pontuação necessária para avançar as semifinais do Campeonato Carioca 2021. O próximo compromisso da equipe comandada pelo técnico Marcelo Cabo será no próximo sábado (24), diante do Resende, às 16h, em São Januário.

Gabriel Pec comemora gol marcado contra o Boavista (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou a partida estudando as ações do adversário e tentando assumir o controle da partida. Antes do Gigante da Colina conseguir chegar com perigo a meta adversária, a equipe do Boavista chegou com perigo e conseguiu um pênalti aos 9 minutos. O atacante Marquinhos foi para cobrança e abriu o placar: 1 a 0. A resposta vascaína veio aos 13 minutos, Gabriel Pec arrancou pela esquerda, passou por um marcador e cruzou na área. A bola chegou em Germán Cano, que livre de marcação pegou de primeira e acabou mandando para fora.

Aos 15, Zeca avançou pela esquerda e arriscou a forte finalização. O goleiro adversário fez boa defesa e acabou cedendo o rebote, Morato que chegava livre para empurrar para as redes acabou sendo surpreendido pela defesa adversária que afastou a bola. Aos 19, Andrey achou um belíssimo lançamento para Germán Cano que dominou com o peito, já tirando da marcação. Antes de conseguir finalizar, Gabriel Pec chegou batendo de primeira e estufou a rede adversária. Porém a arbitragem anulou o gol, alegando impedimento.

Aos 23, Morato recebeu com liberdade na entrada da área, levantou a cabeça e cruzou para Gabriel Pec. Antes da bola chegar no camisa 17, a defesa adversária cortou na direção de Carlinhos que tocou de primeira para Andrey, posicionado dentro da área. O camisa 6 chegou batendo de primeira e mandou a bola na rede, pelo lado de fora. Aos 27, depois de escanteio cobrado para a área vascaína, a bola acabou sendo mal afastada pela defesa e o atacante Marquinhos livre de marcação chegou chutando de primeira e ampliou o placar: 2 a 0.

 Aos 31, Carlinhos lançou para Léo Matos que entrava livre na área, o lateral vascaíno chegou cruzando de primeira, buscando Zeca que entrava com liberdade pelo outro lado. O camisa 37 chegou batendo de primeira e por pouco não fez o primeiro do Cruzmaltino. Aos 44, Zeca cobrou falta para área e Germán Cano chegou escorando para o meio. Ernando que chegava com liberdade chegou chutando, mas acabou parando na defesa do goleiro. No minuto seguinte, Léo Matos avançou pela direita, invadiu a área e cruzou rasteiro para Germán Cano que livre de marcação empurrou para o fundo do gol: 2 a 1. Aos 47, Léo Matos achou um belo lançamento para Andrey que entrava livre pela direita, o camisa 6 tocou de primeira para Morato melhor colocado. O camisa 10 dominou e engatilhou o chute que acabou parando na defesa do goleiro.

 O Vasco voltou para a segunda etapa buscando reverter o resultado negativo. Logo aos 4 minutos, Carlinhos recebeu com liberdade na entrada da área e abriu na esquerda para Léo Jabá. O camisa 7 chegou cruzando de primeira e achou Gabriel Pec que entrava sozinho e de carrinho empatou a partida: 2 a 2. O Gigante da Colina voltou a incomodar a meta adversária aos 23 minutos. Léo Jabá recebeu com liberdade pela esquerda e cruzou para área, buscando Germán Cano. O artilheiro vascaíno chegou testando de primeira e por pouco não fez seu segundo gol na partida.

Aos 37, Figueiredo avançou pela esquerda e tocou para Gabriel Pec, o camisa 17 cegou cruzando de primeira na direção de Germán Cano. O camisa 14 dominou, cortou o goleiro que saiu mal na jogada e arriscou a finalização que acabou parando no zagueiro adversário que conseguiu cortar antes da bola estufar a rede. Aos 40, Léo Jabá recebeu com liberdade pela direita, dominou, cortou para dentro e engatilhou a finalização que acabou parando na boa defesa do goleiro. Aos 43, Andrey avançou pelo meio e achou Germán Cano livre dentro da área pela direita, o atacante vascaíno recebeu e bateu cruzado, por pouco a bola não tomou o rumo do gol. No último lance do jogo, Zeca cobrou falta para dentro da área e achou Ernando que subiu com liberdade no meio da zaga. O zagueiro vascaíno testou firme para o chão e acabou parando na defesa do goleiro.

FICHA TÉCNICA 

BOAVISTA  2 X 2 VASCO

Taça Guanabara – 10ª rodada

Local: Elcyr Resende de Mendonça (Bacaxá)

Data: Domingo, 18/04/2021

Horário: 18h30 (Brasília)

Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano

Assistentes: Diego Couto Barcelos e Gabriel Bernardo Duarte

Cartões Amarelos: Kléver, Douglas Pedroso, Jean Victor e Erick Flores (Boavista) / Cayo Tenório (Vasco)

Gols: Marquinhos 9/1T e 27/1T; Germán Cano 45/1T; Gabriel Pec 4/2T;

VASCO DA GAMA: Vanderlei, Léo Matos (Cayo Tenório), Leandro Castan, Ernando e Zeca; Matías (Léo Jabá), Andrey e Carlinhos (Figueiredo), Gabriel Pec, Morato (Tiago Reis) e Germán Cano – Técnico: Marcelo Cabo

BOAVISTA: Kléver, Caio Felipe (Wisney), Gustavo Geladeira, Victor Pereira e  Jean Victor; Douglas Pedroso, Ralph e Erick Flores; Jefferson Renan (Vitor Feijão), Michel Douglas e Marquinhos – Técnico: Leandrão

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo