Vasco realiza treinamento de primeiros socorros para os funcionários

terça-feira, 08/08/2023

Pensando na preparação de seus funcionários e colaboradores para momentos em que um detalhe pode salvar uma vida, dentro ou fora do ambiente de trabalho, o Departamento de Saúde e Perfomance do Vasco da Gama realizou quatro treinamentos de primeiros socorros e emergências extra-hospitalares para os funcionários do clube na última semana. Os temas abordados foram parada cardiorrespiratória, desmaio, engasgo e convulsão.

O treinamento, que foi dado pelo médico Guilherme Tavares, reuniu técnicas de emergência que devem ser aplicadas em adultos ou crianças vítimas de mal súbito, acidentes, ou que estão em perigo de vida. O objetivo desses procedimentos é manter os sinais vitais e tentar evitar a piora do quadro no qual a pessoa se encontra até a chegada de ajuda especializada.

Treinamento de primeiros socorros e emergências extra-hospitalares para funcionários do Vasco (Foto: João Pedro Isidro/Vasco)

Além da aula teórica, os funcionários do Vasco também fizeram treinamento prático com as técnicas de massagem cardíaca para pessoas com parada cardiorrespiratória e técnicas de desengasgo para aqueles que tem suas vias aéreas obstruídas.

Os funcionários saíram com certificado de socorrista treinado, podendo ser usado para mestrado, doutorado, pós-graduação.

Coordenador do Departamento de Saúde e Performance da Base, Cláudio Ribeiro ressaltou a importância do treinamento para os funcionários.
-O objetivo desse treinamento é salvar vidas. Seja através da simples identificação de uma situação de risco ou com manobras que não requerem qualquer instrumento, uma pessoa que não é da área da saúde pode salvar uma vida. Ou até mesmo através de medidas como se acalmar o ambiente, chamar ajuda e afastar curiosos, por exemplo. Pequenas ações desde o momento do acidente até a chegada de ajuda especializada mudam o prognóstico do paciente. Em alguns países esse treinamento é dado às crianças nas escolas. É o segundo ano que oferecemos o treinamento e o feedbacks dos que realizaram o curso tem sido muito bom. Não é só o médico que salva vidas.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo