Vasco recebe o Palmeiras para primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil Sub-17

segunda-feira, 29/05/2023

O Sub-17 entra em campo na noite desta terça-feira (30), às 21h30, diante do Palmeiras, para o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil. A partida será realizada no estádio São Januário.   

As duas equipes se reencontram em 2023 para reeditar a final de 2022. Na ocasião, após dois bons jogos realizados, a Base Forte ficou com a segunda colocação. Os resultados foram de 4 a 1 para o Palmeiras na ida, em São Paulo, e 4 a 2 para o Vasco na volta, em São Januário.

O técnico Gustavo Almeida já era o comandante da categoria e relembrou os confrontos passados, destacando pontos positivos e a sensação naquele momento.  

– Os jogos do ano passado foram confrontos muito interessantes. Foram dois jogos muito bem jogados, duas equipes bem equilibradas, que fizeram partidas de encher os olhos, com gols, qualidade individual, organização, disciplina, criatividade. Então acho que chamou muito a atenção. Apesar de a gente não ter saído com o resultado esperado, a gente saiu com o sentimento de ter feito o melhor possível e de ter deixado uma marca, de ter honrado as cores do Vasco, de realmente ficar satisfeito com o esforço feito, apesar do resultado final – disse. 

Para o treinador, a situação agora é outra, devido aos dois times terem um elenco renovado, mesmo com o comando igual. Almeida acredita que, mudando os jogadores, muda também o cenário do jogo. 

Os confrontos agora são diferentes, até porque cada ano se renova a categoria. São outros jogadores e toda vez que você muda as peças, mudam algumas características, inclusive individuais, que acabam influenciando no jogo do time, no jogo coletivo. Então espero confrontos diferentes, tanto da nossa parte quanto do Palmeiras, apesar de serem os mesmos treinadores. Jogadores diferentes fazem jogos diferentes – projetou. 

Gustavo falou ainda sobre a campanha do Sub-17 até aqui, deixando para trás adversários como Cuiabá, com vitória por 4 a 0 em jogo único; Flamengo, com duas vitórias por 1 a 0, na ida e na volta; e Ceará, com vitórias por 2 a 0 nos dois jogos. São cinco resultados positivos nos cinco jogos da Copa do Brasil e 100% de aproveitamento.  

Gustavinho é uma das peças do atual elenco do Sub-17. Foto: Matheus Lima | Vasco da Gama

Em relação à nossa campanha, tivemos um caminho muito duro na Copa do Brasil. Todos os confrontos foram com times que vão disputar o campeonato nacional da categoria, então exigiram muito da gente, mas que também nos fizeram crescer e aprender que as dificuldades nos fazem chegar aqui com um sentimento de mérito, de ter tido competência para chegar até aqui ultrapassando adversários difíceis – destacou.  

Para encerrar, o treinador explicou que a sequência até a semifinal ajuda na confiança do grupo e valorizou o adversário, reforçando que o Vasco buscará pela classificação para a grande final.   

Isso também eleva o nosso nível de confiança, sabendo que o Palmeiras é uma grande equipe, é um grande nome no cenário nacional na base hoje, talvez o maior expoente, talvez o clube que tem tido o maior número de conquistas, de troféus em todas as categorias, em nível regional e nacional, mas é um grande parâmetro. Estamos dispostos a ir com tudo e lutar por essa classificação para a final, que é o que a gente deseja – finalizou.

Acesso ao estádio

O formato de acesso à São Januário para o jogo desta terça-feira (30) seguirá o mesmo das outras partidas com mando do Vasco na competição. Poderão assistir convidados de atletas com nome na lista. O Palmeiras também terá direito à acesso. As vagas são limitadas para ambas as equipes.

Jogo da volta

A partida da volta já tem data marcada e será no dia 07 de junho, às 15h30, na Arena Barueri, em Barueri-SP.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo