Vasco retorna aos treinamentos no CT das Vargens

sexta-feira, 23/03/2018

Zagueiros Erazo concedeu entrevista coletiva e avaliou o momento vivido pelo Gigante da Colina na temporada


Erazo durante trabalho físico no CT das Vargens- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O insucesso na semifinal da Taça Rio já faz parte do passado no Vasco da Gama. Sob olhares do presidente Alexandre Campello e do vice-presidente de futebol Fred Lopes, o Gigante da Colina retornou as trabalhos na manhã desta sexta-feira (23/03) no CT das Vargens, em Vargem Pequena. A diretoria se fez presente para passar tranquilidade e confiança aos atletas, que disputam na próxima semana uma vaga na decisão do Campeonato Carioca.

– A diretoria se reuniu hoje conosco e nos passou tranquilidade. Nosso grupo é tão bom que só pensamos nas coisas que acontecem em campo. As questões extra-campo são de responsabilidade da direção, que está procurando uma forma de resolver. Estamos tranquilos em relação ao assunto. O que tem nos incomodado mais é a parte tática, que envolve bola parada, subida ao ataque e marcação. O Vasco é um conjunto, onde cada um cumpre o seu papel. É lógico que é o salário é importante, mas a diretoria está trabalhando muito para resolver. Eles estão nos passando confiança e acreditando no nosso trabalho – declarou o zagueiro Erazo, em entrevista coletiva.
Dentro de campo, após o término bate-papo com os membros da diretoria, o treinador Zé Ricardo dividiu o grupo em dois para a realização do treinamento. Os atletas que atuaram mais de 45 minutos fizeram uma leve atividade física. Os demais, incluindo o meio-campo Giovanni Augusto, suaram a camisa em exercícios técnicos e táticos. Os trabalhos visam corrigir as deficiências apresentadas pelo Gigante da Colina em suas últimas apresentações.
– Precisamos ter maturidade para entender o que se passa. Uma das coisas que mais me preocupam é o aspecto psicológico. Quando não se ganha, todo mundo acha que as coisas estão todas erradas, mas não é assim. Estamos passando por um período de ajustes. Vai chegar uma hora que o Vasco não vai tomar mais gols e irá fazer muitos. É preciso ter tranquilidade e passar confiança para a torcida e para os jogadores mais jovens, que ainda não sabem assimilar as críticas. Nós temos um grande treinador e a diretoria vem fazendo o melhor para ajustar tudo. É preciso acreditar no que vem sendo feito – acrescentou o defensor equatoriano.

Ricardo conduz a bola durante atividade técnica- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Embora esteja garantido na semifinal geral do Campeonato Carioca, o Vasco da Gama ainda não sabe qual será o seu adversário. A definição sairá apenas no domingo (25), após a decisão da Taça Rio. Se o Botafogo for campeão, o Cruzmaltino terá pela frente o Flamengo. Em caso de triunfo do Fluminense, a vaga na finalíssima do Estadual será decidida contra o próprio Tricolor. Em ambos os casos, o Almirante não terá a vantagem do empate.

– São duas equipes bem montadas. O Fluminense tem um time que está executando muito bem o que pede o treinador. Já o Flamengo possui uma equipe mais experiente, bastante qualificada no papel. Estamos tranquilos e acreditamos no que estamos fazendo. O equilíbrio emocional será fundamental para nós. Precisamos entrar em campo e seguir apresentado um bom futebol. O Giovanni é um jogador que vai ajudar bastante o nosso time. Se trata de um cara experiente e diferenciado. É bom vê-lo de volta aos treinos. Está retomando a confiança e sua utilização vai depender de sua evolução nas atividades – concluiu o experiente camisa 3.