Vasco vence e aguarda a definição do seu adversário nas oitavas

quinta-feira, 12/04/2012

O Vascão venceu o seu último jogo na fase de grupos da Libertadores ao bater o Nacional por 1 a 0, nesta quinta-feira (12), no estádio Parque Central, em Montevidéu, Uruguai. Com o resultado, o Gigante da Colina alcançou os 13 pontos, mesmo número que o Libertad (PAR). O gol da vitória cruzmaltina foi marcado por Diego Souza. O Gigante da Colina agora aguarda o final da primeira fase para saber quem será o seu adversário nas oitavas de final da competição.

O jogo

Vasco domina a primeira etapa

O Vascão entrou em campo com os desfalques de Juninho Dedé e Felipe. Com isso, o meio de campo foi formado por Rômulo, Eduardo Costa, Fellipe Bastos e Diego Souza. Fagner, que estava com muita febre durante o dia, melhorou e foi para o jogo, reforçando o lado direito cruzmaltino.

O Trem Bala da Colina começou jogando em velocidade. Aos quatro minutos, Eder Luis puxou o ataque pela esquerda, cortou o marcador para dentro e tocou para Diego Souza. O camisa 10 dominou e chutou de fora da área para a defesa de Bava. No rebote, Alecsandro disputou a bola com o zagueiro e com o goleiro, mas ela saiu mascada pela linha de fundo.

O Vasco envolvia o adversário com uma troca de passes intensa no meio de campo. A equipe de São Januário, contudo, não conseguia entrar na área. Com isso, os vascaínos arriscavam chutes de média e longa distância. O Nacional, por sua vez, chegou com perigo pela primeira vez com Boghossian, que ganhou a disputa e finalizou para a defesa de Fernando Prass.

Aos 20 minutos, Diego Souza driblou dois adversários, mas no terceiro, e último, perdeu a disputa para a marcação. A bola sobrou para Fellipe Bastos que tocou de primeira para Eder Luis, porém Píriz conseguiu se adiantar afastando o perigo pela linha de fundo. Instantes depois, Diego Souza recebeu lançamento pela esquerda e deixou Thiago Feltri na cara do goleiro, entretanto o lateral chutou em cima de Bava.

O Gigante da Colina estava com o controle da partida, enquanto o Nacional buscava em um contra-ataque surpreender o Vascão.  O time uruguaio só voltou a levar perigo aos 31 minutos. Boghossian recebeu cruzamento no segundo pau e conseguiu tocar para Aguirre, que acertou o travessão de Prass. No rebote, Bueno chutou cruzado e Boghossian, em posição irregular, fez o gol. Porém, o juiz marcou, corretamente, o impedimento.

O Trem Bala da Colina respondeu no ataque seguinte com Fagner. O lateral arriscou de longe, a bola subiu muito, mas caiu perto do gol e quase surpreendendo o goleiro Bava. No restante da etapa, as duas equipes ficaram presas no meio de campo, não havendo mais lances de perigo.

Diego Souza marca e o Trem Bala vence

O segundo tempo começou muito truncado no meio de campo, com muita lentidão e erros de passes, prejudicando a partida tecnicamente. Após dez minutos sem nenhuma chance efetiva dos dois times, o Vascão conseguiu abrir o placar com Diego Souza. O camisa 10 tabelou com Alecsandro, ganhou na corrida de Placente e chutou na saída de Bava, que ainda defendeu parcialmente, mas o jogador pegou o rebote para concluir novamente, marcando o gol.

O técnico do Nacional, Marcelo Gallardo, decidiu fazer três alterações de uma vez aos 15 minutos para dar mais experiência para o jovem grupo que estava em campo. O meia Recoba foi um dos atletas que entrou em campo. Mesmo com as mudanças, a equipe uruguaia não conseguia vencer a forte marcação do Vasco, que administrava o resultado com sabedoria, esperando um contra-ataque matar o jogo.

Aos 30 minutos, Recoba fez uma grande jogada e finalizou forte de canhota para a grande defesa de Fernando Prass. Para dar mais velocidade ao time, Cristóvão Borges colocou Willian Barbio no lugar de Alecsandro.

O Gigante da Colina quase ampliou o placar aos 39 minutos. Thiago Feltri chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Eder Luis, sozinho dentro da pequena área, finalizar em cima do goleiro. No rebote, Fellipe Bastos chutou para uma nova defesa de Bava. No restante do jogo, o Vasco administrou a vantagem, garantindo mais uma vitória na Libertadores para São Januário.

Próximo jogo
O Gigante da Colina irá jogar contra o Nova Iguaçu, em Moça Bonita, neste domingo (15) na última rodada da fase de grupos da Taça Rio.

Confira o gol do Vascão na vitória sobre o Nacional (URU):

 

FICHA TÉCNICA
NACIONAL 0 (URU) 0 X 1 VASCO

Local: Parque Central, em Montevidéu (URU)
Data-Hora: 11/04/2012 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Pablo Lunati (ARG)
Auxiliares: Hernán Maidana (ARG) e Ernesto Uziga (ARG)
Cartões amarelos: Álvarez, Abero (NAC); Alecsandro (VAS)
Gols: Diego Souza, 11'/2ºT (0-1)

NACIONAL (URU):  Bava;  Álvarez, Garcia, Placente, Abero; Romero (Damonte, 15'/2ºT), Facundo Píriz, Calzada, Marcos Aguirre (Recoba, 15'/2ºT); Joaquín Boghossian (Sánchez, 15'/2ºT) e Gonzalo Bueno. Técnico: Marcelo Gallardo.

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Allan, 44'/2ºT), Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Rômulo, Eduardo Costa, Fellipe Bastos, e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro (Willian Barbio, 31'/2ºT). Técnico: Cristovão Borges