Vasco vence o clássico diante do Botafogo pelo Campeonato Brasileiro

domingo, 10/01/2021

Por: Breno Prata, São Januário

Em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu o clássico diante do Botafogo por 3 a 0, neste domingo (10/01), em São Januário. Os gols vascaínos foram marcados por Talles Magno, Andrey e Yago Pikachu. Com esse resultado o Vasco chegou aos 32 pontos e chegou a 15ª posição na tabela de classificação. O próximo compromisso do Gigante da Colina, será diante do Coritiba, no próximo sábado (16), também em São Januário.

Talles comemora gol marcado no clássico contra o Botafogo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O clássico começou com as duas equipes se estudando muito, em São Januário. A primeira boa chance vascaína veio aos 6 minutos, Germán Cano veio buscar a bola na intermediária, carregou com liberdade pelo meio e arriscou um chute de longa distância, a bola por pouco não estufou a rede adversária.  O Vasco voltou a incomodar a meta adversária aos 21 minutos. Cayo Tenório avançou pela direita, cruzou para Léo Gil que chegou chutando de primeira, a bola explodiu na zaga adversária. Na sobra, Henrique levantou a cabeça e cruzou na cabeça de Talles Magno que testou firme para dentro do gol: VASCO 1  a 0.

Aos 27, Yago Pikachu mandou a bola para a entrada da pequena área, buscando Germán Cano. O artilheiro acabou passando pela bola, que sobrou para Talles Magno, o camisa 11 escorou novamente para o argentino que conseguiu desviar, mas não contava com o zagueiro adversário que tirou em cima da linha. Aos 35, Léo Gil cobrou uma falta pela direita na entrada da pequena área, a bola foi desviada pela zaga adversária para trás e por pouco não morreu dentro do gol.

Aos 38 minutos, Talles Magno recebeu pela esquerda e partiu para cima dos adversários. O camisa 11 passou no meio de dois marcadores, limpou o zagueiro e arriscou a finalização, que parou na defesa do goleiro Diego Cavalieri. Aos 40, Léo Gil cobrou outra falta na direção do gol e contou com o desvio de Talles Magno de cabeça, a bola passou raspando a trave.

O Vasco começou tomando a iniciativa na segunda etapa. A primeira chance do Gigante da Colina veio aos 4 minutos, Léo Gil recebeu na entrada da área e arriscou a finalização que acabou sendo desviada e saindo em escanteio. Na cobrança feita pelo camisa 7, a bola sobrou limpa para Werley na entrada da pequena área, o zagueiro vascaíno não conseguiu finalizar. Aos 17, Juninho recebeu pela esquerda, avançou, invadiu a área e chutou firme, a bola passou por cima da meta.

Precisando do resultado, o rival conseguiu igualar as ações e incomodar a meta vascaína. Aos 22, em cobrança de escanteio a bola sobrou para Kalou que finalizou e Henrique, assim como na última partida, salvou o Gigante da Colina, tirando a bola em cima da linha. A resposta Cruzmaltina veio aos 30, Andrey veio tabelando com Caio Lopes desde a intermediária, invadiu a área e soltou o pé na direção do gol, a bola foi defendida pelo goleiro. No minuto seguinte, Caio Lopes recebeu na entrada da área, tocou para Germán Cano que deu de primeira para Andrey chegar batendo de primeira e ampliar o placar no clássico: VASCO 2 a 0.

Com o placar favorável, o Vasco voltou a incomodar o gol adversário aos 46 minutos. Gabriel Pec recebeu pelo meio e avançou, a joia vascaína achou um belíssimo passe e deixou Germán Cano na cara do gol, o artilheiro chegou batendo de primeira e parou na defesa do goleiro alvinegro. Aos 49, Yago Pikachu invadiu a área pela esquerda e sofreu pênalti. Na cobrança, feita por ele mesmo o Gigante da Colina ampliou: VASCO 3 a 0.

FICHA TÉCNICA 

VASCO 3 X 0 BOTAFOGO

Campeonato Brasileiro – 29ª rodada 

Local: São Januário (RJ)

Data: Domingo, 10/01/2020

Horário: 20h30 (Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Marcelo Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões Amarelos: Yago Pikachu (Vasco)

Gols: Talles Magno, 21/1T, Andrey, 31/2T e Yago Pikachu, 50/2T (Vasco)

VASCO DA GAMA: Fernando Miguel, Cayo Tenório (Jadson), Werley, Leandro Castán e Henrique; Bruno Gomes (Marcos Júnior), Juninho (Andrey) e Léo Gil (Caio Lopes); Yago Pikachu, Talles Magno (Gabriel Pec) e Germán Cano – Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Sousa, Kanu e Victor Luis; Zé Welison, Romildo (Cícero) e Rhuan (Kalou); Warley (Bruno Nazário), Kelvin (Lecaros) e Pedro Raul – Técnico: Eduardo Barroca

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo