Vasco vence o Flamengo na primeiro jogo da final do Brasileiro Sub-17

quinta-feira, 12/08/2021

Por: Breno Prata, São Januário

O Vasco da Gama venceu o Flamengo por 3 a 1 no jogo de ida da final do Campeonato Brasileiro Sub-17, nesta quinta-feira (12/8), em São Januário. Os gols vascaínos foram anotados por Andrey, Erick Marcus e Ykaro. O segundo jogo acontece na próxima segunda-feira (16/8), às 20h, no Estádio Raulino de Oliveira.

Ykaro comemora terceiro gol vascaíno na decisão (Foto: Matheus Lima/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou o estudando as ações do adversário e buscando dificultar a saída de bola desde a defesa. Porém, a primeira chegada ao ataque veio da equipe rival, que aos 9 minutos abriu o placar: 1 a 0. O Cruzmaltino respondeu rápido. Aos 16 minutos, Paulinho acionou Ykaro dentro da área, pela direita. O camisa 11 recebeu e encheu o pé na direção do gol. Porém acabou parando na defesa do goleiro.

Aos 29, Paulinho recebeu um lançamento pela direita e deixou com Erick Marcus. O camisa 10 dominou, percebeu a chegada de Andrey e rolou para o meia. O capitão vascaíno chegou batendo de primeira e obrigou o goleiro adversário a fazer boa defesa. Aos 33, após cobrança de escanteio, a bola ficou viva dentro da área. Andrey pegou a sobra e com o gol aberto anotou um golaço de calcanhar, empatando a decisão: 1 a 1.

Aos 40, Barros achou um belo passe em profundidade para Ykaro. O camisa 11 avançou, invadiu a área e arriscou a finalização. A bola acabou tocando na rede pelo lado de fora. Aos 43, Paulinho recebeu com liberdade pela direita e cruzou na área. A bola encontrou Erick Marcus que chegou cabeceando de peixinho e a bola acabou carimbando a trave adversária.

O Vasco voltou para a segunda etapa querendo virar o placar da  final. Aos 5 minutos, Erick Marcus cobrou falta com perfeição na entrada da área e estufou a rede adversária: VASCO 2 a 1. Aos 7, GB recebeu na intermediária e avançou. O camisa 9 percebeu o espaço e arriscou a finalização pouco antes de entrar na área. A bola saiu raspando a trave adversária. Aos 12, Barros enfiou uma belíssima bola para GB atrás da zaga. O camisa 9 limpou a marcação e acertou a finalização. Porém a arbitragem anulou o gol alegando impedimento.

Aos 16, Lucas Eduardo recuperou a bola na intermediária e acionou Erick Marcus. O camisa 10 avançou e abriu em Ykaro. O atacante vascaíno invadiu a área e ampliou na saída do goleiro: VASCO 3 a 1. Após o terceiro gol, o Cruzmaltino administrou as ações e venceu o primeiro jogo da final.

Escalação do Vasco: Allan Vitor, Paulinho (Hygor), Roger, Lyncon e Kauã Lucas (Leandrinho); Barros (Pereira), Lucas Eduardo e Andrey; Erick Marcus (Ray), Ykaro (Rayan) e GB (Pereira) – Técnico: Igor Guerra

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo