Vasco vence o Fluminense pela 5ª rodada da Copa Rio Sub-17

domingo, 20/06/2021

Por: Breno Prata, São Januário

O Vasco da Gama venceu o Fluminense por 1 a 0, pela 5ª rodada da Copa Rio Sub-17. O autor do gol vascaíno foi o atacante João Wesley, cobrando pênalti. Com esse resultado, os Meninos da Colina chegaram aos 10 pontos e assumiram a liderança da competição. O próximo compromisso da equipe comandada pelo técnico Igor Guerra será diante do Botafogo, no próximo domingo (27/06), às 11h, no CEFAT.

Mota em ação no clássico diante do Fluminense pela Copa Rio (Foto: Valdir Santiago/Divulgação)

O JOGO

O Vasco começou a partida administrando as ações e buscando incomodar a defesa adversária. Aos 18 minutos, Hygor avançou pela direita, chegou próximo a linha de fundo e cruzou na área. A bola que chegaria nos pés de Gabriel Sá, acabou tocando nas mãos do zagueiro adversário e o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, João Wesley deslocou o goleiro e abriu o placar: VASCO 1 a 0. Aos 22, Cristian achou Mota com liberdade na entrada da área. O atacante vascaíno percebeu o espaço e arriscou a finalização, a bola ficou tranquila nas mãos do goleiro.

Aos 24 minutos, Guilherme Estrella avançou e pouco antes de invadir a área, achou um belíssimo passe para Jerônimo. O meia vascaíno invadiu a área pela esquerda e arriscou a finalização, a bola acabou batendo na rede pelo lado de fora. Aos 26, Gabriel Sá avançou pelo meio, levantou a cabeça e achou um ótimo passe para Leandrinho. O lateral vascaíno invadiu a área, aproveitou a saída do goleiro e colocou no cantinho. Porém a arbitragem anulou o gol vascaíno, alegando impedimento.

Aos 28, Mota recuperou a bola no campo de defesa e acionou Guilherme Estrella, que avançou. O meia vascaíno puxou um belíssimo contra-ataque e pouco antes de invadir a área devolveu para Mota. O atacante vascaíno de frente para o gol, encheu o pé e a bola acabou saindo pela linha de fundo.

O Vasco voltou para a segunda etapa administrando a vantagem no placar e buscando sair em velocidade ao ataque. Apesar de pouco incomodar na segunda etapa, os Meninos da Colina souberam controlar as ações da partida e pouco sofreram durante os 90 minutos.

Escalação do Vasco: Lecce, Hygor, Lyncon, Ronny e Leandrinho; Cristian, Gabriel Sá e Jerônimo (Caetano); Guilherme Estrella (Renan), Mota (Marquinhos) e João Wesley (André) – Técnico: Igor Guerra

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo