Vasco vence o Resende pela 11ª rodada da Taça Guanabara

sábado, 24/04/2021

Por: Breno Prata, São Januário

O Vasco da Gama venceu a equipe do Resende por 3 a 1, neste domingo (24/04), pela 11ª rodada da Taça Guanabara. Os gols vascaínos foram marcados por Bruno Gomes e Germán Cano por duas vezes. Com esse resultado, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Cabo garantiu classificação para disputar a Taça Rio e ainda aguarda a definição de seu adversário.

Cano comemora seu primeiro gol no duelo contra o Resende Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O JOGO

O Vasco começou a partida buscando sair para o ataque e estudando as ações do adversário. A primeira investida vascaína veio aos 6 minutos, Andrey recebeu com liberdade pelo meio, avançou e arriscou a finalização de longa distância. A bola que veio forte, explodiu na trave do gol adversário. Aos 11, Léo Jabá avançou pela esquerda e cruzou na área. A bola acabou desviando no zagueiro adversário e por pouco não morreu no fundo do gol. Aos 14, Morato avançou pela esquerda e cruzou na direção da pequena área. A zaga adversária desviou novamente para trás e por muito pouco não mandou para dentro do gol, pela segunda vez.

Aos 18, Léo Jabá tabelou com Morato e abriu na esquerda para Zeca. O lateral vascaíno evitou a saída de bola e cruzou na cabeça de Germán Cano, o camisa 14 sem marcação testou firme e por pouco não abriu o placar no Caldeirão. Aos 26, a defesa do Resende saiu jogando errado e entregou a bola no pé de Bruno Gomes livre de marcação na entrada da área. O camisa 23 domina a bola e acertou um lindo chute para abrir o placar: 1 a 0 VASCO.

Aos 35, Morato avançou pelo meio, foi tocado e o árbitro marcou a falta próxima a entrada da área. Na cobrança, Andrey cobrou com força e por muito pouco não ampliou o placar. Aos 38, Léo Matos avançou pela direita e achou Laranjeira livre na entrada da área, o camisa 9 dominou, chutou em cima da marcação e ganhou o escanteio. Na cobrança de Zeca, Leandro Castan ajeitou para Morato posicionado na entrada da área. O camisa 10 chegou batendo de primeira, a bola acabou desviando na zaga e sobrou para Léo Jabá na pequena área, que chutou forte no travessão. Aos 45, após cobrança de escanteio o volante Paulo Victor empatou a partida: 1 a 1.

 O Vasco voltou para a segunda etapa querendo ampliar o placar da partida. A primeira investida vascaína no segundo tempo veio aos 7 minutos, Leandro Castan cortou a bola e achou um belo passe para Léo Jabá, livre pelo meio. O camisa 7 avançou e achou uma bola açucarada para Morato que entrava pela esquerda, o camisa 10 dominou, invadiu a área e tentou tocar na saída do goleiro, mas abola acabou saindo perto da trave. Aos 11, Morato abriu para Andrey que avançava pela direita, o camisa 6 dominou e achou um belíssimo cruzamento rasteiro para Germán Cano que entrava livre na segunda trava. O artilheiro vascaíno com espaço, só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes: 2 a 1 VASCO.

 Aos 16, Zeca achou um belíssimo passe para Germán Cano dentro da área. O camisa 14 dominou, cortou o zagueiro e chutou junto ao goleiro, que cedeu o rebote. A bola acabou chegando no Zeca, que pegou de primeira e acabou mandando para fora do gol. Aos 27, Bruno Gomes avançava pela esquerda e fez uma belíssima inversão para Léo Jabá. O camisa 7 dominou e abriu ainda mais para Léo Matos que invadiu a área e tocou para Morato que entrava livre, o camisa 10 chegou batendo de primeira e mandou para fora.

Aos 36, Zeca avançou pela esquerda e achou Léo Jabá bem posicionado na entrada da área. O camisa 7 apenas escorou para Figueiredo, que cortou a marcação e chutou firme, mas a bola acabou parando no goleiro adversário. Aos 39, Andrey avançou pela direita e enfiou para Léo Jabá, o camisa 7 avançou ainda mais e cruzou para Germán Cano, novamente livre dentro da área. O artilheiro vascaíno, assim como no primeiro gol, só teve o trabalho de empurrar para a rede: 3 a 1 VASCO.

FICHA TÉCNICA

RESENDE 1 X 3 VASCO

Taça Guanabara – 11ª rodada 

Local: São Januário (RJ)

Data: Sábado, 24/04/2021

Horário: 16h (Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães

Assistentes: Lucas Estevão e Daniel de Oliveira Alves Pereira

Cartões Amarelos: Léo Matos (Vasco) / João Felipe e Joanderson (Resende)

Gols: Bruno Gomes 26/1T; Paulo Victor 45/1T; Germán Cano 11/2T e 39/2T

VASCO DA GAMA: Lucão, Léo Matos (Riquelme), Ricardo Graça, Leandro Castan e Zeca, Andrey, Bruno Gomes (Caio Eduardo) e Laranjeira (Figueiredo); Morato (João Pedro), Léo Jabá (Arthur Salles) e Germán Cano – Técnico: Marcelo Cabo

RESENDE: Jefferson Luís, Flávio Meneses (Gabriel Justino), Marcão (Halls), Joanderson e Paulo Victor (Brendon); Kaique, Mateus Bastos (Bismarck) e Derli; Igor, João Felipe e Jeffinho (Peixoto) – Técnico: Sandro Sargentim

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo