Vasco vence o Operário de virada fora de casa pelo Brasileirão

terça-feira, 04/10/2022

Por: Assessoria de Imprensa, São Januário

O Vasco conseguiu uma importante vitória, de virada, por 3 a 2 sobre o Operário, na noite desta terça-feira, no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. Os gols foram marcados por Bruno Tubarão e Alex Teixeira (2). Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 52 pontos, se mantendo na zona de acesso do Campeonato Brasileiro.

O próximo compromisso do Gigante da Colina será no sábado (8/10), às 18h30, diante do Novorizontino, em São Januário. Os ingressos para este confronto na Colina Histórica estão esgotados.

O JOGO

A primeira chance do Vasco foi aos 4 minutos. Figueiredo arriscou um chute de muito longe, mas a bola subiu demais. Aos 10, Figueiredo recuperou no campo de ataque e tentou a ligação em Raniel, mas a bola acabou longa demais. Aos 13, o adversário abriu o placar: 1 a 0. O Vasco respondeu rápido. Aos 15, Raniel tentou de bicicleta e parou em boa defesa do goleiro. No escanteio, Nenê cobrou, a zaga afastou mal e Raniel bateu em cima do marcador.

Aos 19, Eguinaldo tentou um chute de primeira da entrada da área e mandou por cima. Aos 33, Nenê buscou Eguinaldo na área e o atacante tentou o cabeceio para o centro da área, mas a defesa afastou.

O Vasco voltou com mudanças e aos 3 minutos teve sua primeira chance após o intervalo, com Alex Teixeira tentando da entrada da área. Um minuto depois, Andrey tentou o chute da entrada da área e obrigou o goleiro a fazer linda defesa. Aos 17, Eguinaldo bateu girando, mandou a bola no ângulo e obrigou o goleiro a fazer um milagre. No escanteio, a defesa afastou mal e Bruno Tubarão bateu cruzado para empatar: 1 a 1. Aos 20, Alex Teixeira arrancou pela esquerda, cruzou para trás e Bruno Tubarão quase marcou o da virada. Aos 30, o adversário desempatou: 2 a 1.

Três minutos depois, Erick arriscou de longe e parou no goleiro. Aos 40, foi a vez de Alex Teixeira tentar e levar perigo. Já no fim do jogo, Figueiredo achou belo cruzamento e Alex Teixeira conferiu para o empate: 2 a 2. E o time da virada não desistiu. Aos 50, Gabriel Pec recebeu na direita, cruzou para Alex Teixeira desviar e marcar o gol da vitória: VASCO 3 a 2.

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo