Instagram Facebook Tiktok Youtube Twitter Flickr
Bandeiras
Destaque

Sexta-feira, 29/01/2021

Vanderlei Luxemburgo revela expectativa para jogo com o Bahia “É uma decisão”

A preparação cruzmaltina para a importante partida contra o Bahia segue firme e forte nas dependências do Hotel Bourbon, em Atibaia (SP). Na tarde da última quinta-feira (28/01), o elenco cruzmaltino realizou atividades físicas e técnicas no gramado principal. De noite, após o jantar, o grupo se reuniu com a comissão técnica para acompanhar o jogo do próximo adversário, o Tricolor Baiano, contra o Corinthians.

Luxemburgo conversa com Copertino e Antônio Mello- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Na manhã desta sexta (29), o treinador Vanderlei Luxemburgo concedeu entrevista coletiva na VascoTV e revelou a expectativa do Gigante da Colina para o grande desafio. O experiente comandante destacou a importância a partida e garantiu que o período de treinamento para ela vem sendo muito bem feito, mas lembrou que a competição não irá ser encerrada no domingo (31), após o apito final.

– Eu assisti Sport x Bahia e Bahia x Corinthians. O Bahia é um time centenário. É um jogo importante para nós, mas que ainda não define nada. Ainda teremos mais jogos pela frente para buscar nosso objetivo, que é manter o Vasco na Primeira Divisão. O importante é nos prepararmos bem para este jogo contra o Bahia, e estamos fazendo isso. Não viemos aqui para Atibaia por lazer. Viemos para trabalhar mesmo. É uma decisão da parte debaixo da tabela, não vamos ganhar campeonato. Mas é uma decisão da parte debaixo da tabela – declarou o comandante.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de Gabriel Pec ganhar uma oportunidade entre os 11 iniciais, Vanderlei Luxemburgo adotou cautela e e afirmou que o jovem jogador ainda passa por um processo de adaptação ao time principal. O técnico vascaíno também não poupou elogios para Talles Magno, que vem sendo o titular da posição desde o retorno de Luxa ao Cruzmaltino.

– Tem que ter paciência. Da maneira que vocês cobram a presença do Pec, para entrar no lugar de outro jovem (Talles Magno), que lá atrás vocês idolatraram e achavam que ele era um grande jogador. E se eu colocar o Pec por achar que ele vem entrando bem no jogo, e essa coisa não acontecer como tem que acontecer, natural, e ele vai mal no jogo, e eu perco o Pec e perco o Talles. Qual a pergunta você vai me fazer no dia seguinte ou após o jogo? As pessoas esquecem que estou lidando com um patrimônio do clube. Lidando com um jovem de 18 anos. Outro de 19 anos. Então, tem todo um tempo – disse Vanderlei Luxemburgo, comentando em seguida a disputa de posição na zaga.

– Não existe regra que tem que seguir. O importante é a equipe possui zagueiros que você confia. Mas ainda não está definido quem vai jogar, vamos ver nos próximos dias, com os treinamentos. O Castan não é mais um garoto, entendemos que era importante ele ficar fora do úultimo jogo, então volta. O Ricardo está voltando, até aceleramos a volta dele por ser um jogo importante contra o Palmeiras mas vamos ver como ele se encontra. Gostei também das atuações do Marcelo Alves. Ele fez bons dois jogos e demonstrou muito potencial – encerrou o técnico vascaíno.


Compartilhe esta notícia
Cruz de Malta

Outras Notícias