Zinho comenta experiência de técnico e festeja triunfo na Colina

sábado, 09/07/2016


Zinho é abraçado por Nenê após o primeiro gol- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Martín Silva e Leandrão não foram os únicos desfalques do Vasco contra o Brasil de Pelotas. Por ter sido expulso contra o Avaí na semana passada, o treinador Jorginho não comandou a equipe no banco de reservas neste sábado (09/07). O substituto foi seu braço direito, o auxiliar técnico Zinho. Após o jogo, que terminou com triunfo cruzmaltino, o tetracampeão mundial concedeu entrevista coletiva e falou sobre a experiência.

– Fazia um tempo que não exercia a função de treinador e foi muito bom. O Jorginho me dá uma liberdade muito grande e os jogadores confiam bastante em mim. Se tornou mais fácil porque durante a semana já foi feito todo o trabalho. Montamos a estratégia de jogo, até essa formação com o Henrique aberto no lado esquerdo e o Caio Monteiro pelo lado direito. Saímos do losango e nesse jogo optamos pela velocidade nos flancos, com jogadores mais jovens, e fomos para o 4-2-3-1. Funcionou, até porque estudamos a equipe do Brasil e sabíamos que essa formação iria encaixar bem. É bom quando o resultado acontece, mais ainda quando os atletas entendem o que foi pedido e correspondem- afirmou Zinho.

O resultado positivo fez o Almirante terminar a rodada na liderança isolada do Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe de São Januário possui 31 pontos, dois a mais que o Atlético Goianiense, que empatou em 2 a 2 com o Goiás no final da tarde. A vitória foi importante também para levantar a moral do time cruzmaltino. Superado nas duas rodadas anteriores, o Vasco não vencia em São Januário desde o começo do mês passado.

– É fundamental colocar uma vantagem em cima do segundo colocado. Acompanhamos a rodada e usamos cada resultado para motivar os atletas. O discurso no vestiário foi no sentido de vencer o Brasil de Pelotas e abrir uma gordura em relação ao Atlético Goianiense. Foi importante voltarmos a conquistar três pontos, até porque nossos dois últimos resultados foram ruins. A vitória trouxe ainda mais confiança para a nossa equipe para o jogo da próxima quarta-feira. A partida contra o Santa Cruz é fundamental para nós e precisamos contar com o apoio da nossa torcida. Juntos, somos mais fortes – declarou o auxiliar técnico.

Em situação favorável no Brasileiro, o Gigante da Colina volta sua atenções agora para outra competição nacional. Na próxima quarta-feira (13/07), às 21h45, o Vasco encara o Santa Cruz pela Copa do Brasil. A primeira partida da terceira fase será realizada em São Januário. O objetivo cruzmaltino é conquistar uma boa vantagem para o jogo de volta, que acontecerá em 20 de julho no Estádio do Arruda.