Em 12/02/2019 às 19h04


Valentim confirma Werley e faz projeção da semifinal contra o Resende

Por: Carlos Gregório Júnior

CT do Almirante, Vargem Pequena (RJ)

De olho numa vaga para a decisão da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, o Vasco da Gama entra em campo nesta quarta-feira (13/02), às 21h30, para encarar o Resende. A partida semifinal será disputada no Maracanã e o Cruzmaltino tem a vantagem do empate por ser o detentor da melhor da campanha da competição estadual. A equipe de São Januário venceu as cinco partidas que disputou até o momento.

image
Alberto Valentim durante atividade no CT do Almirante- Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Embora o adversário não faça parte do seleto grupo de equipes grandes do futebol carioca, o Gigante da Colina não espera facilidade durante os 90 minutos. Na tarde desta terça (12), em entrevista coletiva, o treinador Alberto Valentim exaltou a campanha do adversário na fase de classificação e lembrou que o mesmo conquistou resultados expressivos diante de Botafogo e Flamengo.

- O Resende será um adversário muito difícil. É o melhor time tirando os quatro grandes. Vimos bastante sobre esse adversário. Foi uma equipe que colocou dificuldades para Botafogo e Flamengo, e conseguiu um placar muito bom na última partida contra o Bangu. Conversamos com o grupo nos últimos dias e alertamos que não teremos facilidade nesse jogo. Esperamos uma partida muito disputada - avaliou Valentim.

Para o confronto com o Gigante do Vale, assim como na maioria das partidas da temporada, o time vascaíno terá o experiente zagueiro Werley entre os 11 iniciais. Por ter perdido um primo na tragédia do Ninho do Urubu, o defensor chegou a ser liberado por tempo indeterminado pelo departamento de futebol, porém retornou aos treinos na última segunda (11) e se colocou à disposição da comissão técnica para o jogo.

- Se nós estamos tristes, o Werley está mais ainda, porém quer ir para o jogo. Ele treinou ontem normalmente e vai para essa partida ainda com um sentimento de tristeza pelo fato de estar muito recente a tragédia lá no Ninho do Urubu. O Werley quer jogar e vai jogar. É nosso titular para esse hoje. O que o Vasco passou foi para ele ficar em Minas o tempo que achasse necessária, mas ele está aqui para nos ajudar. É um grande profissional - declarou o treinador, que fez mistério ao ser questionado sobre os demais titulares.

- Eu misturo muito os jogadores durante a semana. Eu tenho um time na cabeça e trabalhamos ele hoje durante o treino final. Por tudo que aconteceu, depois do jogo da Copa do Brasil, acabamos tendo uma semana cheia para trabalhar, então aproveitamos bem esse período. A ideia é ir com um time forte e descansado para fazer um grande jogo num gramado que nos dará condições de jogar um bom futebol - finalizou o comandante cruzmaltino.

Comente essa notícia

Videos

#JamaisTerásACruz

desenvolvido por: